Finanças e Gestão

Greve dos bancos: veja como se planejar

Criado em 8 de out. de 2015

(Atualizado em 18 de dez. de 2015)

Os bancos brasileiros entraram em greve na última terça-feira, 06 de outubro. De acordo com a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), mais de 6 mil agências de bancos público e privados, além dos centros administrativos, paralisaram as atividades. Com a greve, não há atendimento ao público na maioria das agências, mas os serviços internos são mantidos. Por isso, preparamos esse artigo para você saber como orientar seus clientes para o pagamento de boletos e carnês durante a greve dos bancos:

Pagamento de Boletos e Carnês

Segundo a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), o pagamento de boletos e carnês pode ser realizado normalmente em caixas eletrônicos, internet banking, aplicativos no celular, casas lotéricas, agências dos Correios, além de todos os correspondentes bancários. O processamento dos pagamentos acontece normalmente pelo banco e também pela Gerencianet, sem alteração do prazo de 1 dia útil.

Lembrando que o pagamento nesses locais deve ser realizado até a data de vencimento. Caso haja algum atraso, seu cliente pode tirar a 2ª via da cobrança (apenas dos boletos que possuem o nome “Gerencianet Pagamentos” como cedente), conforme explicado neste post ou você pode alterar a data de vencimento. Veja como fazer:

  1. Clique no número da cobrança que deseja alterar a data de vencimento. Se a cobrança for um carnê, selecione a parcela;
  2. Clique no botão Alterar Data de Vencimento;
  3. Escolha a nova data de vencimento.

Seu cliente receberá um e-mail com o novo documento!

Operações da Gerencianet

As operações da Gerencianet acontecem normalmente, sem qualquer tipo de interferência. Você pode continuar solicitando transferências bancárias, realizando pagamento de contas, recarregando celular pré-pago e todas as outras funções do sistema. Os prazos também não são alterados.

Pagamentos com cartão de crédito

O pagamento com cartão de crédito não é afetado diretamente com a greve dos bancos.

Portanto, você pode continuar o sistema normalmente e seus clientes também conseguirão realizar o pagamento das cobranças sem qualquer tipo de problemas.

 

Se você ainda tiver alguma dúvida, envie um ticket para o Suporte.

Compartilhe nas redes:

Gostou do que viu por aqui?

Cadastre-se para receber os melhores conteúdos exclusivos sobre tecnologia de pagamentos e gestão, para alavancar de vez os seus negócios.