Finanças e Gestão

Como escolher o melhor operador logístico

Criado em 16 de out. de 2014

(Atualizado em 13 de jun. de 2023)

As operações logísticas de um e-commerce devem ser pensadas cuidadosamente. Ela é fundamental para que o cliente receba o produto dentro dos prazos previstos e de maneira satisfatória. Tão importante quanto conquistá-lo a consumir, é corresponder à sua expectativa em relação ao recebimento. Afinal, após finalizar a venda, começa a ansiedade pela expectativa de receber o produto. E é por isso, que a escolha do melhor operador logístico é tão importante.

No post de hoje falaremos sobre como escolher os melhores prestadores de serviços nesta área. Confira o que separamos para você!

O que é preciso considerar

Na hora de escolher o seu operador logístico, verifique se ele tem a capacidade de executar todos os processos. O recebimento dos pedidos deve ser integrado e sistematizado. Assim, sempre que o cliente requisitar uma compra, o fornecedor será informado imediatamente. Então, a separação dos produtos deverá ser feita de maneira automatizada.

Da mesma forma que acontece com o fornecedor, os processos de expedição para as distribuidoras também precisam ser integrados. Isso permitirá ganho na escala de produção, agilidade, precisão e segurança nas ações logísticas de sua loja virtual.

Outro fator importante a ser considerado é sobre o sistema de gestão de estoque do operador, chamado de Warehouse Management System, o WMS. O ideal é que ele suporte as tecnologias deste segmento e possa se adaptar à customizações e mudanças.

A segurança dos Correios

Os Correios vem passando por processos de revitalização para acompanhar todas as novidades do mercado virtual. E suas ações neste sentido tem dado certo! Tanto que a pesquisa realizada pela Accenture, de 26 operadoras públicas e privadas analisadas, a estatal ficou entre as dez melhores empresas do ramo de serviços postais do mundo.

E para que os seus produtos possam ser enviados por este meio, não é necessário contrato, porém, se você o tiver terá alguns benefícios como descontos e poder fazer o pagamento mensal. Em relação aos valores cobrados para calcular o frete, existem duas maneiras: a primeira é feita pelo peso e a segunda pelo peso cubado, que está relacionada às medidas das caixas.

O envio poderá ser feito por variados meios como o PAC, que é uma encomenda econômica, o Sedex, o e-Sedex, o Sedex 10 e o Sedex Hoje.

Entregas feitas por transportadoras

São muitas as empresas que oferecem este tipo de serviço. Porém, nem todas têm a expertise com o comércio virtual. Busque pelas companhias que oferecem web service para simulação de preços dentro da própria loja virtual, e que tenha sistemas integrados.

As transportadoras são mais indicadas para os casos em que os produtos comercializados pesam mais de 30 kg, pois os Correios, por exemplo, estabelece limite de dimensão e peso.

Como você viu neste post, é importante ter todo o cuidado na hora de escolher o seu distribuidor logístico para que o seu cliente receba os produtos dentro dos prazos combinados e com toda a integridade.

Caso o seu negócio seja local, busque meios alternativos para realizar as entregas, como por meio de motoboys, por exemplo. Jamais se esqueça de primar pela qualidade e eficiência do serviço de entrega. Afinal, é a credibilidade da sua marca que está em jogo.

E no seu e-commerce, como funciona essa questão? Para aperfeiçoar a logística do seu e-commerce, confira este artigo!

Compartilhe nas redes:

Gostou do que viu por aqui?

Cadastre-se para receber os melhores conteúdos exclusivos sobre tecnologia de pagamentos e gestão, para alavancar de vez os seus negócios.