Finanças e Gestão

Como fazer a projeção do meu negócio virtual?

Criado em 26 de set. de 2014

(Atualizado em 13 de jun. de 2023)

Vender pela internet é um ótimo negócio. Se você deseja empreender em algum segmento de mercado, pesquise e comprove: possuir uma loja virtual é uma excelente opção. Afinal, em qual outro lugar você terá seu produto exposto para todo o mundo, durante 24 horas por dia, com um custo extremamente baixo se comparado à visibilidade que sua marca terá? A web pode proporcionar isso! E para você, que ficou interessado no assunto, explicaremos neste post como fazer a projeção de um negócio virtual. Confira!

Faça um plano de negócios

Antes de começar a vender pela internet, faça um plano de negócios. Este documento será um norteador das suas ações e o auxiliará a tomar as melhores decisões para o crescimento e prosperidade de seu negócio. Isso porque ele permite uma visão estratégica de todo o mercado, com suas oportunidades e ameaças, e deixa claros quais são os pontos fortes e fracos da sua empresa. Sem contar que ele é imprescindível para se conseguir investimentos de bancos e financeiras. Portanto, desenvolva já o seu para fazer sua projeção de negócio virtual!

Entenda como será seu fluxo de caixa

Para que seu negócio virtual seja um sucesso, é preciso que você saiba controlar seu fluxo de caixa. Tudo o que entra e o que sai da sua empresa precisa ser computado para que você veja se seu empreendimento está dando lucro ou prejuízo. E para conseguir identificar isso, categorize as entradas de acordo com as fontes e as formas de pagamento. Em seguida, categorize as despesas de acordo com suas frequências (fixas, variáveis, investimentos, etc). Adiante, analise o fluxo, faça relatórios, elabore gráficos e aja de acordo com a leitura que você fizer deles.

Faça um monitoramento do estoque

De nada adiantará você desenvolver um plano de negócios, cuidar do fluxo de caixa, fazer divulgação e atrair muitos clientes, se, na hora de vender, você não tiver estoque. Quem sabe fazer esta gestão, tem uma valiosa vantagem competitiva em relação a seus concorrentes. Pois isso nem sempre é visto por todos como uma ação estratégia. Muitos só se dão conta da importância deste monitoramento, quando não estão vendendo. E para que você não corra este risco, fique atento a seu estoque e aos interesses dos clientes por cada tipo de produto ofertado.

Escolha a plataforma adequada

Na hora de escolher a plataforma para seu negócio virtual, veja quais as vantagens ela oferece. Opte por uma que forneça relatórios de vendas e facilite seus processos de gestão. Isso otimizará seu tempo e fará com que você consiga analisar adequadamente todas as informações. Dessa forma, você pode saber sobre as saídas dos produtos, preferências dos consumidores, formas de pagamentos mais utilizadas, entre outras. De posse destes dados, ficará muito mais fácil projetar seu negócio virtual.

Segundo pesquisa realizada pelo PayPal, até 2020, as transações no comércio eletrônico no Brasil vai passar de US$19,5 bilhões para US$ 28 bilhões. Esse valor resulta em um crescimento de 43,5% no volume de vendas.

E você, ainda está pensando se vale ou não a pena investir em e-commerce? Compartilhe suas dúvidas e opiniões nas nossas páginas das redes sociais e acompanhe nosso conteúdo Facebook, Twitter, Instagram e Linkedin!

Compartilhe nas redes:

Gostou do que viu por aqui?

Cadastre-se para receber os melhores conteúdos exclusivos sobre tecnologia de pagamentos e gestão, para alavancar de vez os seus negócios.