Finanças e Gestão

Você sabe identificar um comprovante de Pix falso? Veja dicas práticas de como se proteger desse tipo de golpe

Criado em 22 de dez. de 2022

(Atualizado em 17 de ago. de 2023)

Uma das maiores vantagens do Pix é o pagamento instantâneo. Agora, imagina se, em vez de dinheiro na conta, você receber um comprovante de Pix falso?

Ao se tornar o meio de pagamento mais utilizado no Brasil, transacionando 26 bilhões até o último dia de setembro deste ano, criminosos também viram no Pix a possibilidade de aplicar golpes.

Para que você não seja mais uma vítima, neste texto, trouxemos exatamente o que é preciso conferir na hora de verificar se o comprovante de Pix é falsificado ou não. Vamos lá? Boa leitura!

Comprovante de Pix falso: é possível?

Infelizmente, sim. É possível.

Em primeiro lugar, saiba que toda transação via Pix gera um comprovante, que pode ser acessado a qualquer momento e compartilhado de várias formas – normalmente pelo próprio app do banco ou instituição.

A fraude acontece quando o golpista altera esse comprovante gerado pelo banco usando programas de edição. Sendo pessoa física ou jurídica, você pode ser vítima se não puder conferir o pagamento na própria conta no instante em que ele for feito.

Ou seja: embora o Pix seja seguro, ao vender um produto e pedir que a pessoa compradora envie o comprovante por WhatsApp, por exemplo, sem tomar cuidado ao conferi-lo, você poderá sofrer o golpe.

Manual do Pix para negócios

Afinal, como é um comprovante de Pix falsificado?

Para evitar ter prejuízo com um comprovante de Pix falso, é importante que você saiba que todo documento de comprovação do Pix segue um padrão de organização, com fontes e tamanho dos itens alinhados à proporção dos dados.

Como identificar?

Para saber se está recebendo um comprovante de Pix falso, sempre verifique:

1- se o logo da instituição que aparece está em boa qualidade e é proporcional ao tamanho do documento;

2- se há marcas de edição da imagem, como fontes, cores e tamanhos diferentes entre as palavras e os números;

3- se o documento possui informações com má qualidade em uma parte e nitidez em outra, ou quando os dados estão totalmente embaçados;

4- se a data e o horário são os mesmos do instante em que a compra foi feita, afinal, o Pix é instantâneo.

Passo a passo de como verificar um comprovante de Pix falso

5 dicas para não cair no golpe do comprovante de Pix falso

No tópico anterior, falamos sobre os principais pontos que um criminoso pode deixar passar ao falsificar o comprovante de Pix. Mas e se o documento for realmente idêntico ao original, como evitar ser vítima? Anote aí!

1. Cara-crachá: abuse da instantaneidade do Pix

Se o pagamento cai na hora, por que não conferir se caiu? Não leva nem 1 minuto toda a operação, certo? Para isso, esteja sempre com um aparelho em mãos e confira a transferência no instante em que a compra for feita.

Vale a pena também ativar as notificações da sua conta bancária em seu aplicativo do celular. Dessa forma, sempre que você receber um Pix, um aviso é enviado para seu aparelho. Recebeu o comprovante, mas não o aviso? Desconfie!

2. Pix Agendado: só para quem é vip

Cuidado ao aceitar agendamento de Pix de clientes que estão fazendo a primeira compra, caso ainda não o conheça, pois o comprovante do pagamento agendado não garante que você vai receber o dinheiro

Se a pessoa consumidora não puder pagar em dinheiro no momento, sempre há a opção do cartão de crédito também. Analise o que mais vale a pena.

3. Sempre tem um código: atente-se ao jeito Pix de ser

Toda transferência via Pix gera um código único. Trata-se do ID Pix, uma sequência de 32 caracteres composta por números e letras.

Em algumas instituições, há também o número da transação feita. Esses dados devem constar no comprovante de forma nítida e seguir o padrão do documento, sem ter cores nem fontes diferentes. Verifique!

4. Tela travada: desconfie de supostas falhas no sistema

Sim, falhas podem ocorrer. No entanto, você não é responsável por elas, certo? Por isso, sempre desconfie da indisponibilidade no sistema de transferência via Pix. A alegação de tela travada pode ser uma cilada!

Caso um cliente afirme tal coisa, dê um google para ver se mais alguém reclamou, pergunte para outros clientes, tente realizar um Pix da sua própria conta, investigue mais. E, claro, não aceite esperar o dinheiro cair, ofereça outra forma de pagamento.

No vídeo abaixo, atualizamos você sobre as medidas de segurança do Pix:

O que fazer ao ser vítima do comprovante de Pix falso?

Embora não haja garantia de recuperação do dinheiro, há algumas medidas que podem ser tomadas para evitar novos golpes:

  • primeiramente, não apague a conversa ou o histórico da venda com a pessoa golpista. Toda informação que você puder reunir sobre a fraude ajudará no caso;
  • ao receber um comprovante de Pix falso, faça um boletim de ocorrência na polícia para comprovar a fraude e alertar outras pessoas. Para isso, acesse o site da Secretaria de Segurança Pública do estado em que você reside e crie o B.O., contando o que ocorreu – incluindo os prints que você conseguir reunir;
  • tente entrar em contato com o banco ou instituição financeira que o golpista usou imediatamente após a ocorrência e abra uma denúncia contra a pessoa fraudulenta, enviando as provas que você tiver.

Saber o que fazer depois do golpe é bom, mas evitá-lo é muito melhor.

Aqui na Efí, você conta com recursos para evitar ser vítima de comprovante de Pix falso, diminuir a inadimplência de seus clientes e ainda gerir melhor suas cobranças.

Abra a sua conta PJ grátis! Equipada com as soluções de cobranças mais avançadas do mercado, a Efí Empresas possibilita uma gestão 360º do seu negócio.

Ainda não tem CNPJ? Seja Efí Pro e comece a vender!

Compartilhe nas redes:

Gostou do que viu por aqui?

Cadastre-se para receber os melhores conteúdos exclusivos sobre tecnologia de pagamentos e gestão, para alavancar de vez os seus negócios.