Pix Automático

Pix Agendado, Pix Programado e Pix Automático (ou Recorrente) – para que serve cada um?

Criado em 11 de mar. de 2024

(Atualizado em 10 de abr. de 2024)

Pix Agendado, Pix Programado e Pix Automático (ou Pix Recorrente) – é tudo a mesma coisa? À primeira vista, esses termos podem confundir e até parecer sinônimos. Mas, neste texto, você vai entender as diferenças entre eles e quando usar cada tipo de Pix. Vamos lá?

O Banco Central continua inovando

Desde que o Pix foi lançado, o Banco Central tem dedicado esforços para desenvolver uma agenda evolutiva, introduzindo um conjunto de funcionalidades, como o Pix Saque e Pix Troco, o Pix via Open Finance e muitos outros.

Essa iniciativa tem permitido a adaptação do Pix às diferentes demandas do mercado. Conforme o sistema se ajusta ao que as pessoas precisam, mais eficiente e útil o Pix se torna.

Atualmente, um número expressivo de pessoas (146 milhões!) e empresas (14 milhões!) usam o Pix para fazer suas compras e receber pagamentos.

O Pix também tem se mostrado útil na programação de pagamentos futuros, e é esse ponto que exploraremos neste texto. Entenda como o Pix Agendado, o Pix Programado e o Pix Automático (ou recorrente) funcionam! 😉

Pix Agendado

O Pix Agendado permite que você programe uma transferência para uma data futura. Por exemplo, você pode agendar um pagamento para daqui a alguns dias ou semanas.

Essa modalidade é útil quando você sabe que terá um compromisso financeiro em uma data específica e quer se organizar antecipadamente.

É importante lembrar que o Pix Agendado é uma transferência única, ou seja, você programa o pagamento para uma data específica, mas ele não será repetido automaticamente.

Pix Programado

O Pix Programado é semelhante ao Pix Agendado, mas com a diferença de que ele pode ser recorrente.

Essa modalidade é programada pelo próprio pagador e é ideal para quem tem despesas regulares.

Você pode programar, por exemplo, transferências periódicas, como a mesada do seu filho ou o pagamento da sua manicure, para serem realizados automaticamente em datas predefinidas.

Essa funcionalidade já está disponível em alguns bancos e se tornará obrigatória em todas as instituições participantes do Pix a partir de outubro de 2024.

Pix Automático (ou Pix Recorrente)

Por outro lado, o Pix Automático — chamado informalmente de Pix Recorrente — é uma cobrança recorrente gerada pela empresa com a qual você está negociando, funcionando como um tipo de débito automático. 

Ao contrário do Pix Programado, onde você inicia a transação, no Pix Automático, a empresa em questão gera a cobrança.

O Pix Automático pode ser usado para automatizar pagamentos recorrentes, como energia, telefone, escola, academia, condomínio e assinaturas.

Lembrando que o Pix Automático está previsto para ser lançado pelo Banco Central em outubro de 2024. 

🤝 Quer participar do lançamento e sair na frente da concorrência? Saiba mais aqui.

Veja também: Pix recorrente: como essa nova modalidade vai te ajudar a reter mais clientes?

E aí, ficou mais fácil de entender? Continue acompanhando a Efí Bank para não perder nenhum detalhe e aproveitar ao máximo as novas funcionalidades. 🧡

Compartilhe nas redes:

Gostou do que viu por aqui?

Cadastre-se para receber os melhores conteúdos exclusivos sobre tecnologia de pagamentos e gestão, para alavancar de vez os seus negócios.